Extensões falsas do Chrome infectaram mais de 100 mil usuários

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 Email -- Filament.io 0 Flares ×

Mais de 100 mil computadores foram infectados com um malware que se disfarçava de extensão para o navegador Chrome. A ameaça, que estava disponível na loja oficial de add-ons do browser do Google, conseguia roubar credenciais e minerar criptomoedas sem que o usuário notasse.
20180102114745_660_420
A ameaça foi detectada por pesquisadores da empresa de segurança Radware e estava espalhada por ao menos sete extensões maliciosas do Chrome, todas elas disponíveis para download a partir da loja Chrome Web Store, ao menos desde março. Das mais de 100 mil vítimas, ao menos uma estava dentro de “uma rede bem protegida” de uma empresa de alcance global, de acordo com os pesquisadores.

As extensões usavam nome de games populares e também artistas musicais, entre outras coisas. Segundo a Radware, a ameaça se escondia nas extensões Nigelify, PwnerLike, Alt-J, Fix-case, Divinity 2 Original Sin: Wiki Skill Popup, Keeprivate e iHabno.

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.