O que fazer depois de Instalar o Ubuntu

O Ubuntu 15.10 está para ser lançado, mas depois de instalar o sistema sempre surgem algumas dúvidas, então vamos elucidar aqui as 10 coisas mais importantes que você deve fazer depois de instalar o sistema para deixar ele funcionando perfeitamente e atendendo a todas as suas necessidades básicas.

Top 10 coisas para fazer depois de instalar o Ubuntu

O que fazer depois de instalar o Ubuntu?

Vamos lá, mas o primeiro passo é saber o que fazer ANTES de instalar, isso mesmo, então recomendamos que você dê uma olhada com carinho nestas matérias do DIOLINUX:
O Ubuntu é um sistema operacional que já vem com muitos softwares, ele é bem completo e já tem programas para as necessidades mais básicas das pessoas, como programas para ver vídeos e ouvir músicas, um bom navegador de internet (Firefox), leitor de PDF, gravador de mídias, etc, porém, existem alguns detalhes que podem ser ajustados para um melhor e mais completo proveito do sistema, vamos começar o nosso TOP 10!

1 – Atualize o seu sistema!

Eu sei, você acabou de baixar e instalar o sistema, porém, mesmo um sistema já lançado pode conter correções, o Linux de maneira geral contém geralmente atualizações constantes, então não custa dar uma verificada e caso haja algo, cabe uma atualização. Para isso, procure no menu do sistema pelo aplicativo “Atualizador de programas” ou “Software updater”.

2 – Instale os Drivers de vídeo no seu Ubuntu

Para um melhor desempenho do computador é muito importante que você instale os drivers de vídeo no sistema. Fazer isso é muito simples, procure no menu do sistema pelo aplicativo de “Drivers Adicionais”, se houver algum disponível para a instalação faça a mesma.
Nós preparamos algumas dicas para quem deseja instalar as últimas versões dos drivers da Nvidia, para drivers da Intel você deve usar as versões que vem juntamente com o Kernel Linux, o mesmo vale para AMD em alguns casos, entretanto, se o Ubuntu sugerir a instalação de algum driver AMD no seu gerenciador de Drivers a instalação também pode ser feita, vale ficar de olho para ver qual driver tem melhor desempenho, a AMD está melhorando mas ainda é um pouco problemática em alguns modelos.

3 – Instale os Codecs multimídia no sistema

Por questões de legislação, o Ubuntu não pode incluir determinados Codecs multimídia, como os de MP3 para poder ser distribuído em alguns países, entre outros Codecs. Qualquer pessoa já formatou o computador com Windows sabe que tem que instalar alguns codecs para que todos os tipos de arquivos rodem no sistema, no Windows é bem comum utilizar o pack “K-Lite”, no Ubuntu, temos o Ubuntu Restricted Extras, ele está na Central de Programas e pode ser baixado use o terminal, basta rodar o seguinte comando:

sudo apt-get install ubuntu-restricted-extras

4 – Instalando o Google Chrome

O navegador da Google possui a maior base de usuários na internet atualmente, então, se você gosta dele, nada mais natural do que instalar, preparamos um vídeo para ensinar você a fazer isso sem complicação. Baixa o pacote .deb e rode-o para instalar no seu Ubuntu.

5 – Como instalar a Steam no Ubuntu

Todos os que gostam de jogar tem que ter a Steam instalada em seu computador, nada melhor que um bom game para testar a potência da nova versão do Ubuntu não é verdade?
A Steam está na Central de Programas do Ubuntu, procure por Steam no campo de busca, clique em Instalar, digite a sua senha e aguarde a instalação.
Steam a Central de Programas do Ubuntu
Alternativamente você pode baixar o .deb diretamente do site do Steam e instalar dando dois cliques, é bem simples e fácil.

6 – Como instalar o Skype no Ubuntu

O nosso próximo passo é instalar o Skype do Ubuntu, muitas empresas e pessoas utilizam o Skype para fazer muitas coisas, como gravar podcasts por exemplo, em fim, é um aplicativo amplamente difundido no meio corporativo, instalar o Skype no Ubuntu é uma tarefa muito simples, baixe em:

7 – Ative as múltiplas áreas de trabalho, o botão de exibir área de trabalho e mais

Os múltiplos desktops são ótimos e já são parte do Ubuntu há muito tempo, entretanto, eles não vem ativados por padrão, mas basta uma configuração rápida para ativá-los. Clique com o botão direito do mouse na Área de trabalho, clique em “alterar plano de fundo”.
Configurações do sistema
 
1 – Esta opção faz com que a barra lateral que agrupa os programas oculte-se automaticamente, ativando essa opção outras opções vão aparecer permitindo que você configure o local onde você quer que a barra seja sensível para aparecer e também o tempo que você precisa deixar o mouse na lateral para que ela apareça.
 
2 – Enable Workspaces ou “Habilitar espaços trabalho” cria um novo ícone na sua barra lateral que permite que você até 4 desktops diferentes para organizar melhor as suas janelas.
3 – Esta opção adiciona um novo ícone à barra lateral que permite mostrar a área de trabalho com apenas um clique.
4 – Está opção tira os menus globais da barra no topo e coloca em cada aplicação, eles aparecem assim que você passa o mouse sobre eles.
Bônus: Na aba Aparência você consegue, além de trocar os wallpapers, modificar o tamanhos dos ícones no lançador. Clicando na imagem com um relógio do lado você também ativa a alteração das imagens do fundo com o passar do tempo, muito legal.

8 – Configure a sua privacidade

O menu do Ubuntu possui as chamadas “Smart Scopes” que conseguem fazer uma pesquisa completa por um termo que você digite em todo o seu computador e em determinados sites da internet, isso pode ser bastante útil da hora de você encontrar o que precisa, os próprios arquivos do computador aparecem por ali. Além deste tipo de coisa, o mundo do sistema também mostra as aplicações instaladas e lhe dá sugestões de programas para instalar pela Central de Programas, tudo isso pode ser configurado e definido para funcionar e indexar ou não os dados através do aplicativo “Segurança e privacidade” que você encontra no menu do sistema. Altere ao seu gosto.

9 – Instale alguns programas adicionais

Aqui vão alguns sugestões de programas que gosto e costumo utilizar, nem todos poderão ser úteis para você mas acredito que alguns vale a pena dar uma olhada pelo menos.
– VLC Media Player: Ele é o canivete suíço dos players, com funções que vão muito além de reproduzir músicas e vídeos, ele consegue até gravar a sua tela, servir de streaming para torrents e até mesmo converter mídias, tudo isso aliado a um pacote de codecs próprios, como eu costumo dizer, “O VLC toca até tampa de Danone!”.
VLC no Ubuntu
– GIMP: Eu adoro o GIMP, sério, ele é muito legal e cheio de recursos, ferramentas e plugins que fazem dele uma máquina para qualquer designer. Muitas pessoas ainda tem dificuldade em migrar para o Linux por conta da ausência do Photoshop, sempre há muita discussão sobre o assunto mas em minha opinião a mudança é sim possível, e se o problema for a aparência é bom você conhecer o PhotoGIMP.
GIMP - Com tema PhotoGIMP do Diolinux
– Spotify: O serviço é um sucesso entre os fãs de boa música e tecnologia, e claro, você pode usá-lo no Ubuntu também. Para fazer a instalação consulte o nosso tutorial completo de instalação do Spotify no Ubuntu.
Spotify Ubuntu
Aproveita e segue a minha playslist no Spotify ;)
– Netflix: A Netflix pode ser acessada no Ubuntu através do Google Chrome, nesse caso o interessante, para você ter um atalho fácil, é instalar o aplicativo para o Google Chrome, assim você acessa a Netflix no Ubuntu rapidinho e sem problemas.

Veja também: Como instalar o PopCorn Time no Ubuntu

10 – Instale uma ferramenta de configuração avançada para o Unity no Ubuntu, o Unity Tweak Tool

Unity é o nome do ambiente gráfico do Ubuntu, isso mesmo, isso que você vê quando liga o computador, ele não é tão personalizável quanto outros ambientes gráficos como o KDE por exemplo mas tem seu charme e seus ajustes. O Unity Tweal Tool é uma ferramenta que te ajuda a configurar o que quer que seja neste sistema, ele pode ser usado para trocar os temas, configurar as barras, as transparências, os ícones e uma série de outras coisas.
Unity Tweak Tool

Tudo o que você precisava fazer depois de instalar o Ubuntu

Agora que você já terminou a nossa maratona está na hora de aproveitar o sistema, conte pra gente o que você achou e se for a sua primeira experiência com o Ubuntu compartilhe conosco o que você está achando do sistema neste primeiro contato.
Existem muitas coisas que podem ser feitas “depois de instalar o Ubuntu”, mas aqui tomamos um apanhado geral das necessidades da maioria das pessoas, se você tiver mais sugestões de ajustas e dicas fique a vontade para compartilhar o seu conhecimento através dos comentários.

Fonte: Dio Linux