Ubuntu 15.10 liberado para download

1 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 1 Email -- Filament.io 1 Flares ×
Ubuntu 15.10 Wily Werewolf

Ubuntu 15.10 Wily Werewolf

Já é tradicional, poucos dias depois do lançamento do Ubuntu 15.04 foi anunciado o codinome da nova versão do sistema, o Ubuntu 15.10 Wily Werewolf.

Wily Werewolf: A palavra “Wily” significa “hábil, astuto, preparado para”, enquanto “Werewolf” é uma palavra que podemos usar para designar “lobisomen”.

Normalmente nos anúncios da Canonical de codinome de versões novas do Ubuntu as apresentações ficam por isso mesmo, mas desta vez foi diferente. Mark Shuttleworth, fundador da Canonical, falou sobre o Ubuntu Phone, Unity Next, Snappy e o Ubuntu Phone para PCs.

Ubuntu para todos os lados

Mark revelou que o Ubuntu Phone está recebendo novos parceiros e o projeto do Unity 8 com convergência com o desktop está próximo, assim como o Snappy, um novo formato de empacotamento próprio do Ubuntu para abranger aplicações híbridas, uma alternativa ao deb.
Quando questionado, o criador do Ubuntu também confirmou que aplicativos como Netflix e WhatsApp estão vindo para o Ubuntu Phone também.
Convergência do Ubuntu
Mark comentou também que graças a uma nova parceria com uma empresa de hardware, que ele não citou o nome, até o final deste ano teremos à venda o “Ubuntu Phone as PC”, um dispositivo capaz de transformar o seu Smartphone em um computador, semelhante ao projeto Continuum da Microsoft anunciado recentemente.

A evolução do Unity

Completando o anúncio, Mark Shuttleworth comentou que agora é a hora em que o desenvolvimento do Ubuntu com Unity Next será mais agressivo, com a intenção de compatibilizar o novo sistema com toda e qualquer aplicação Gnome ou KDE que funcionam nas outras distribuições Linux e no Ubuntu atual.
Sem promessas adicionais, é possível que vejamos um prévia do novo Unity para quem na próxima LTS que sairá em Abril de 2016 o Unity 8 esteja “na ponta dos dedos”.
E aí, o que você achou das novidades?
Já pode baixar sua sua ISO da nova versão aqui. Ou pode seguir o passo-a-passo descrito no post anterior ao lançamento da versão. Aqui!

Fonte: diolinux

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.