Windows 10 integra acesso ao Linux no Explorador de Arquivos

A Microsoft anunciou nesta quarta-feira (8) que a build 19603 do Windows 10 que foi liberado dentro do programa de testes da empresa, permitirá ao usuário acessar os arquivos que estão na partição do Linux de forma nativa e dentro do próprio Explorador de Arquivos.

O acesso é feito a partir de um ícone do Tux, o pinguim que é o mascote do Linux e que fica na coluna de acesso rápido do Explorador de Arquivos – onde já ficam áreas reservadas para o OneDrive e as pastas da rede que estão disponíveis.

A partir deste local, o usuário que está no Windows 10 poderá acessar a pasta raiz de qualquer distribuição que está instalada. Chegar nestes arquivos já era possível em versões anteriores do Windows 10 do programa Insider, mas o caminho até eles não era tão amigável e rápido.

A aproximação de Linux com Windows 10 não é novidade, já que a gigante do software vem prometendo o kernell completo do Linux dentro de seu sistema operacional desde maio do ano passado. Atualmente é possível até mesmo baixar algumas distribuições do Linux dentro da Microsoft Store, como Ubuntu, SUSE e até o Fedora.

Como esta versão de testes do Windows 10 foi liberada agora dentro do programa Insider, pode ser que ela apareça em pouco tempo para todos os usuários. Ou então pode nem aparecer, ficando para outras atualizações futuras, mais para frente.